Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Mentoria

7 exemplos de mentoring para você se inspirar

Thiago Germano
Escrito por Thiago Germano
Junte-se a mais de 42 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre mentoria

O segmento de mentoria é um dos que mais crescem no Brasil. E não é para menos: cada vez mais as pessoas percebem o valor de compartilhar conhecimento, ideias e experiências, a fim de ajudar outros profissionais a se destacarem no mercado.

Você é desse time? Então confira este post! Nele, apresentamos 7 exemplos de mentoring que vão te inspirar a ajudar outras pessoas!

Mentoria para empreendedores

A mentoria para empreendedores está profundamente relacionada ao mundo dos negócios. Os exemplos de mentoring nessa área são muitos, pois ela é a mais comum e também a mais conhecida entre as mentorias.

Portanto, se você tem bastante experiência no segmento de negócios e acredita que seu conhecimento e experiência podem ajudar outras pessoas, talvez este seja o melhor exemplo de mentoria a seguir.

Como mentor, você compartilha seus erros e acertos com o mentorado, que geralmente é menos experiente. Dessa forma, você auxilia no planejamento estratégico e na tomada de decisões, transmitindo sua experiência profissional de forma personalizada.

Com isso, seu mentorado obtém uma visão externa sobre o seu negócio e se resguarda de cometer os mesmos erros que você cometeu na carreira. Consequentemente, o resultado é um desenvolvimento mais acelerado.

Mentoria de vendas

Você tem experiência com vendas? Então pode investir na mentoria de vendas. Neste exemplo de mentoring, são abordadas técnicas de vendas, negociação, comportamento humano, entre muitas outras questões.

Sendo mentor de vendas, você busca desenvolver no seu mentorado habilidades úteis na área: desde a comunicação até compreensão das necessidades dele.

Assim como nos outros exemplos de mentoring, seu papel como mentor é o de demonstrar o que já viveu e fornecer atalhos para o seu cliente. Ou seja, você presta um atendimento totalmente customizado para as necessidades do seu mentorado.

A mentoria de vendas é um macronicho, ou seja, para ter sucesso é preciso se especializar ainda mais. E escolher o nicho em que você possui mais experiência ajuda a entregar atalhos para o mentorado, facilitando a jornada profissional dele.

Mentoria Espiritual

Este é um dos poucos exemplos de mentoring que não é considerado uma atividade profissional.

A mentoria espiritual é um relacionamento voluntário, não remunerado, onde ocorre uma troca de experiências entre mentor e mentorado. Nesse sentido, ambos têm oportunidades de aprendizado e motivação.

Ainda que muitas pessoas relacionem a mentoria espiritual com uma experiência religiosa, na verdade ela é uma busca espiritual mais ampla. Seu objetivo é promover uma vida mais equilibrada por meio do autoconhecimento.

A mentoria espiritual exige sensibilidade, empatia e ausência de julgamentos de valor. Por isso, é um dos exemplos de mentoria mais belos que existem.

Mentoria Esportiva

O desempenho esportivo depende, em grande escala, da mentalidade. Embora também tenha sua parcela de talento, coordenação e treino.

Pensando nisso, como mentor esportivo você trabalha pontos como o controle emocional, a autoconfiança e o foco, entre outros.

Ou seja, você busca melhorar os resultados do cliente especialmente trabalhando com a mentalidade dele. Uma questão que muitas vezes é deixada de lado pelos esportistas, clubes e treinadores.

Seu objetivo é auxiliar atletas na conquista de metas, sejam eles profissionais ou amadores.

Embora não atue diretamente na técnica em si, como mentor esportivo você precisa ter experiência prévia como atleta, pois somente assim consegue compreender as dificuldades e os sentimentos de quem está inserido na prática esportiva.

Inclusive, o mentor esportivo é muito valioso justamente por sua jornada em determinado esporte. Portanto, esse exemplo de mentoring é bastante proveitoso para quem possui experiência na área.

Mentoria para Líderes

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, a liderança é uma competência que pode sim ser ensinada.

É claro que nesse caso, o mentor precisa ser um grande líder, com experiência em gestão de equipes e todas as qualidades necessárias para esse papel, como flexibilidade, determinação e iniciativa, por exemplo.

Considerando nossos exemplos de mentoring, a mentoria para líderes estaria entre as mais úteis para milhões de pessoas. O motivo é que ela pode ser aplicada em diversos setores da nossa vida, pessoal e profissional.

Sendo assim, como mentor de líderes, você é um profissional que atua tanto na mentalidade de seus mentorados, buscando desenvolver as competências e o pensamento estratégico de um líder, quanto em questões mais práticas.

Você pode propor atividades e lições para o cliente e também pode ajudá-lo diretamente na gestão de pessoas ou projetos.

Mentoria para Pais de Primeira Viagem

Esse é um belo exemplo de mentoring aplicado a algo que você nunca parou para considerar. Muitas vezes, os pais de primeira viagem têm seus próprios pais como mentores. Mas nem sempre essa mentoria conta com o conhecimento técnico aliado ao empírico.

Na mentoria profissional para pais de primeira viagem está uma orientação muito mais completa sobre como agir com a chegada de um bebê.

Você ajuda os pais a organizar o tempo de trabalho e a controlar a ansiedade ou o estresse gerado pela nova rotina. Também dá orientação na educação da criança e auxílio em várias questões práticas do dia a dia.

Mentoria para Hobbies

É comum você lembrar da mentoria pelo seu viés profissional ou até mesmo pelo seu potencial de transformação pessoal. Porém, pode aplicá-la aos hobbies, um nicho pouquíssimo utilizado entre nossos exemplos de mentoring.

Os hobbies têm seu valor no cotidiano das pessoas. Afinal, são coisas que você faz sem ter obrigação ou receber nenhum pagamento.

Se você tiver um hobby, pode ensiná-lo para outras pessoas com o mesmo interesse, usando suas experiências e seu conhecimento de mentoring.

Conclusão

Como você pode ver em todos os exemplos de mentoria, sempre é necessário ter experiência no segmento escolhido e algum nível de conhecimento.

O papel do mentor é de usar sua vivência anterior para orientar o cliente, sempre de forma personalizada. Além de ensinar, ele também motiva, mostrando que sempre existem alternativas e maneiras de alcançar o sucesso.

A mentoria é o formato de entrega ideal para quem se sente bem com a ideia de ajudar pessoas e ser o líder de um movimento.

Inspirado para começar? Então saiba como identificar o público-alvo da sua mentoria e comece a planejar seu novo negócio!

Hey,

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.